sexta-feira, 18 de outubro de 2013

SERÁ QUE É AMOR?


Se você conseguir, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado;

Se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas desbotados pelo tempo, chinelos de dedo e cabelos emaranhados; 


Se durante todo o dia você fica ansioso pelo encontro que está marcado para a noite;

Se você imaginar que vai ver a outra envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar admirando e sendo louco por ela;


Se você tiver nobreza de sentimentos e acreditar que a beleza externa é passageira mas a interna é para sempre e que isso é o mais importante para que o relacionamento perdure;


Se você não consegue imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado, é o amor que chegou na sua vida.
Muitas pessoas apaixonam-se várias vezes na vida,  poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. 

Às vezes encontram, e por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente.

É o livre-arbítrio. Por isso, preste atenção nos sinais. Não deixe que as loucuras do dia a dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: o AMOR !


Atualmente, essa confusão de sentimentos, tende a ocorrer com maior frequência, devido a tal "onda" do sexo casual ou "P.A"., ou seja, encontra-se uma pessoa interessante, agradável, porém, por comodismo, desinteresse habitual, ou por não estarem dispostas a assumirem qualquer compromisso amoroso, as pessoas preferem acreditar que o relacionamento não passa de algo descartável, apenas atração física, nada mais que isso. 
É a banalização do sexo, em detrimento de um relacionamento com envolvimento emocional.

  Vídeo: Barry Manilow - Mandy



Postado por: Luiz Lira