segunda-feira, 18 de julho de 2016

O AMOR E A PAIXÃO



"O mar é o amor, a onda é a paixão.
paixão caça, corre atrás, envolve os pés, parece ter te prendido, mas como é tênue, tem seu refluxo e volta para o mar, relutante em mostrar que as "algemas" são ilusórias. Ela provoca, atiça, vem sempre renovada numa nova onda, mas não te envolve por mais do que um instante, só te toca brevemente e se vai... A paixão continua a procura de pés em cada praia, indo e voltando eternamente.

O amor segue soberbo, uma esfinge que guarda um segredo, "decifra-me ou devoro-te", um enigma que temos que desvendar para valer nossa existência, um trabalho para uma vida ...ou várias.
paixão pensa que prende, o amor liberta.
paixão tem a duração de uma tarde de ondas.
O amor tem a eternidade assegurada numa simples molécula de H2O.
paixão se dissolve em praias desertas, perdendo-se por completo e não deixando lembranças, no máximo fugazes espumas rapidamente evaporadas pelo sol.


O amor é o oceano silencioso na superfície e revolto nas profundezas, uma mística e irresistível combinação, um ímã que atrai irreversivelmente."

 Autor desconhecido